Uma dúvida constante que recebemos é sobre rega.

Não existe uma forma exata para determinar a quantidade de água e frequência de rega de uma planta.

A quantidade e frequência da rega depende de alguns fatores:
a espécie vegetal (o tipo de planta)
as condições climáticas (principalmente a umidade relativa do ar)
o substrato que a planta está plantada (por ex. quanto mais arenoso, maior a drenagem e precisará de regas mais frequentes).

IMPORTANTE: o excesso de água é mais prejudicial que a falta, o melhor a fazer é sempre observar a planta.

DICAS
– na hora da rega é importante não deixar a água escorrer pois isso indica excesso.
– observar se a planta está com falta de água. O sintoma principal é a murcha
– sempre observar a umidade do substrato, mas não a superficial, pois as raízes estão subterrâneas.

CONHECE O TESTE DA VARINHA?
Enfie um palito de churrasco na terra e veja se ela sai sujo e úmido, caso sim não precisa regar. Caso saia seco e praticamente limpo, é hora da rega!

Post escrito com orientações feitas por Lucas Oliveira, Engenheiro agrônomo sócio fundador do grupo @casaflorapaisagismo e parceiro do Horto das Acácias

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this